12 de agosto de 2011

Sobre cicatrizes

Existem vários tipos de cicatrizes. Não, não vou falar de novo sobre icepick e cia.
Tem mais uma forma de classificar cicatrizes que não encontramos em sites sobre dermatologia.
A classificação se dá pelo histórico da cicatriz. Como você "ganhou" sua cicatriz?
Travessura de infância, cirurgias, acidentes, doenças...
Toda cicatriz tem uma história. Algumas engraçadas outras tristes. Podem ser marcas de uma vitória contra alguma doença ou podem representar uma perda.
As minhas são de acne.
Sem história engraçada. Não são lembranças da adolescência, elas são da fase adulta, então elas não trazem lembranças de apelidinhos maldosos.
Não representam nenhuma vitória nem superação. A acne pode ser uma doença, mas "vencê-la" não me deu aquela sensação de que sou poderosa!
Elas também não são marcas de algum acidente.
Muitas pessoas me falam que não é tão ruim, que minhas cicatrizes não são tão aparentes. Elas não entendem porque eu quero tanto me livrar delas.
Racionalmente quem não quer ter a pele perfeita, né?! Mas quanto cada um está disposto a investir nisso é o que torna a história da cicatriz tão importante.
Se eu tivesse uma cicatriz horrível de alguma cirurgia em que doei algum órgão (sei lá eu qual dá pra se doar mesmo viva... acho que rins, fígado... sei lá!) para salvar alguém que amo, eu a exibiria com o maior orgulho.
Se fosse de alguma travessura de infância, poderia ter conversas divertidas lembrando desses tempos.
Mas não... As minhas cicatrizes são de acne.
Acne adulta, acne com cistos, simplesmente acne! Mas isso não as torna algo que não tem história!
Tive acne devido a um desequilíbrio hormonal.
Se tenho exames comprovando?! Não, não tenho. Como uma das dermatos falou "está literalmente na cara que é problema hormonal!" Mesmo os exames de sangue apontando que tenho níveis hormonais normais, para o meu organismo pode ser muito.
Eu não entendo disso tão profundamente. Mas eu sei que a causa desse desequilíbrio foi ter emagrecido rapidamente e depois ter voltado ao peso original. Nunca fui gorda, muito pelo contrário, sempre fui magra, mas teve uma época em que emagreci mais ainda. Meu IMC baixou de 18 para 15 em um mês. Como? Simplesmente eu não comia nada. Foi um período em que perdi a vontade para fazer qualquer coisa. Se respirar não fosse automático eu também teria parado de respirar.
O fato de não ter tomado banho nesse período também deve ter colaborado com a acne...
A tristeza que me fez chegar nesse estado é algo que nunca vou esquecer. Mas não quero carregar também  na pele essas recordações...


4 comentários:

  1. Lendo o blog de uma ponta a outra, parabéns! Ana bh

    ResponderExcluir
  2. Nossa achei mto bonito esse seu relato. mto triste tb o fato de ter perdido a vontade de viver, sei q a vida as vezes parece ser tao cruel, mas nada e nem ninguem pode tirar da gente a nossa capacidade de querer viver!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo comentário!!
      É... foi um período bem difícil! Dormi em um dia achando que poderia conquistar o mundo e no dia seguinte acordei com a dura lição de que não poderia sequer salvar quem eu mais amava... É a vida...
      Agora sei que estamos aqui só de passagem e tento aproveitar o tempo da melhor forma possível!
      Bjs

      Excluir

Oi! Vocês podem comentar anonimamente, mas por favor, coloquem algum nome fictício ou apelido!
Fico me sentindo meio boba nomeando todo mundo de Anon! rs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...