25 de novembro de 2015

Resenha: Máscara Clear Turn Collagen Essence Mask

E hoje eu vou falar sobre:

gif she was pretty

Terror?! Não, sobre máscaras de beleza.



Aqui no Brasil não costumamos usar, mas são bem comuns no Japão e na Coreia do Sul. Tanto que aparecem em várias novelas. Essa cena é de um kdrama chamado "She was pretty". Pretendo falar sobre dramas em um post próprio! É outro assunto que adoro (além de tratamentos de cicatrizes de acne) e se eu começar a falar aqui esse post  vai ficar enorme!

Existem máscaras de diversos tipos: ácido hialurônico, vitamina C, coenzima Q10, aloe vera... E também tem umas diferentes, de batata, ginseng, pepino e muitas outras.

A minha é de colágeno, da japonesa Kosé. A embalagem vem com 30 máscaras embebidas em 358 ml de essence.  

máscara Clear Turn Collagen Essence Mask Kosé resenha

A tampa é um plástico adesivo do tipo abre e fecha. Bem simples, mas fecha direitinho. Pra garantir eu guardo dentro de uma embalagem hermeticamente fechada (dessas de guardar comida! kkk).
O recomendado é ficar de 5 a 10 minutos. Eu fico uns 20 minutos. 

Não é bom ficar muito tempo (na primeira vez achei que o ideal seria usar até ela secar! E nada da danada secar! rs) porque em um determinado momento ela vai começar a "puxar" a hidratação da pele. Mas quando eu tiro ainda está bem molhada.

máscara Clear Turn Collagen Essence Mask Kosé resenha

E essa é a máscara! Geralmente depois de usar no rosto eu torço ela e aproveito o serum para passar nos braços e nas pernas. Dessa vez deixei secar para tirar a foto e só então reparei  que ela é torta... Jurava que meu rosto que era torto! Hahahaha.

máscara Clear Turn Collagen Essence Mask Kosé resenha


Minha opinião: 
Achei que seria super relaxante usar uma máscara (até ouço uma musiquinha e fico deitada na cama com uma luz bem suave) mas não é! Pelo menos não para mim. Fico com aflição desse negócio no meu rosto. E no frio é pior! Ela é geladinha e eu fico com mais frio ainda.
Em termos de efeito não sinto muita diferença, mas acho que é mais por conta da minha falta de disciplina em usá-la.
Apesar de ter descoberto agora que meu rosto não é torto, ainda assim não é proporcional... Pelo menos não pros padrões de quem fez a máscara! E não posso dizer que é porque ela é japonesa, já que eu também sou! kkk
Tenho que ajeitar aqui e ali, dar uma dobradinha aqui, uma enrugadinha ali para ajeitar os buracos nos lugares certos. E ela não cobre todo o meu rosto verticalmente.
Os pontos positivos: não tem perfume, vem com bastante essence, mas o líquido não escorre, e não deu nenhuma reação adversa. Sinto a pele hidratada e macia logo em seguida. Mas gostei mais do efeito nos braços e nas pernas! kkkk Talvez seja um pouco hidratante demais para a minha pele oleosa do rosto.

Usando depois do Dermaroller:
Na terceira sessão do Dermaroller resolvi usar a máscara logo depois de aplicar o instrumento de tortura. Foi tranquilo, não ardeu e até ajudou a acalmar mais a pele. Mas em termos de efeito prefiro usar a vitamina C + hidratante de colágeno. 
Vou ver se num futuro próximo experimento passar a vitamina C antes da máscara. Depois volto para contar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi! Vocês podem comentar anonimamente, mas por favor, coloquem algum nome fictício ou apelido!
Fico me sentindo meio boba nomeando todo mundo de Anon! rs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...